Seguidores

Impostos sendo arrecadados no Brasil

o céu ganhou mais um anjo

domingo, 18 de dezembro de 2011

Vereadores de Belo Horizonte aprovam reajuste do próprio salário em 61,8%

Com 22 votos favoráveis e três contrários, os vereadores de Belo Horizonte, Minas Gerais, aprovaram o projeto de lei que aumenta o salário dos parlamentares municipais a partir da próxima legislatura. O subsídio, atualmente em R$ 9.288,05, saltará para R$ 15.031,76, o que corresponde a 75% da remuneração dos deputados estaduais mineiros. O texto foi apresentado pela Mesa Diretora e, votado este ano, livra os parlamentares de se desgastarem com o eleitor em 2012, ano eleitoral.

O projeto de lei, que prevê o generoso reajuste a partir de janeiro de 2013, entrou na pauta como prioridade e, diferentemente de vários outros, de interesse público, tramitou em tempo recorde: cinco dias. Com a manobra, os parlamentares esperam não se indisporem com o eleitor em 2012, ano de eleições. Se a matéria fosse votada no próximo ano, os vereadores poderiam ser acusados de legislar em causa própria caso, já que eles poderão concorrer e serem reeleitos. De acordo com a Constituição Federal, as câmaras municipais podem remunerar os vereadores com valores entre 30% e 75% do que é pago nas assembleias legislativas, variando de acordo com a população da cidade.

A votação foi marcada por protestos. Em plenário, o vereador Iran Barbosa (PMDB) disse que um bom salário serve para auxiliar no combate à corrupção. Mas apesar de defender o aumento, que provocou críticas dos que acompanhavam a sessão, ele anunciou que votaria contra o projeto. “Parlamentar é eleito para representar. As pessoas quem eu represento pedem que eu vote contra”, afirmou. Já o vereador Henrique Braga (PSDB) afirmou que sente vergonha da remuneração paga pela Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH). “O salário da Câmara em relação a de outras capitais é vergonhoso. Em outras capitais já se ganha 75% do salário dos deputados”, declarou.

As palavras de Henrique Braga provocaram a reação imediata do grupo que acompanhava a sessão. Vaias e gritos de “Vergonha, vergonha” tomaram conta do plenário. Não satisfeito, o vereador emendou. “Esse salário é para a próxima legislatura. Quem está descontente que que se filie a algum partido. Quem tiver condições, que venha como candidato”. E completou. “Como trabalhadores [os vereadores] merecem ser bem remunerados para evitar corrupção”, finalizou.

Logo após a aprovação do projeto, a sessão foi suspensa. O presidente da Casa, vereador Léo Burguês (PSDB), suspendeu a sessão sob muitos protestos e gritaria. Além de Iran Barbosa, também se posicionaram contra o projeto os vereadores Neusinha Santos e Arnaldo Godoy, ambos do PT.

Entenda o projeto

Além do aumento de 61,8% no salário pago pela Câmara Municipal a partir de 2013, os parlamentares asseguraram com a aprovação a correção monetária anual pelo Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M). Conforme o Estado de Minas antecipou nessa terça-feira, o subsídio, atualmente em R$ 9.288,05, pulará para R$ 15.031,76.

O aumento resultará em mais R$ 9.244.532,40 anuais aos cofres públicos. A Casa terá um custo ainda maior, caso seja aprovada outra proposta que tramita também em “velocidade máxima”. O Projeto de Lei 2.046/2011, também apresentado pela Mesa Diretora na segunda-feira, prevê uma reforma administrativa na Câmara, com a criação de 12 cargos comissionados e reajuste salarial de outros. O impacto financeiro, previsto na justificativa da proposta, é de R$ 1.162.578,33, mensais.

Com informações de Amanda Almeida

3 comentários:

  1. Olá meu caro amigo PC, boa tarde!
    Meu amigo, que mixaria, como são modestos os vereadores de Belo Horizonte... 6% para nós e mais de 60% para eles, muita justo esse modesto aumento, realmente somos os palhaços nessa história, que absurdo, perderam mesmo a vergonha e a honestidade. Valeu meu amigo! Tenha uma noite maravilhosa e abençoada! Grande abraço e muita paz!!!

    ResponderExcluir
  2. E o que adianta as vaias, os gritos de vergonha? Ano que vem, votam neles de novo!

    O escudo da falta de brio, de senso, de respeito destes caras já passou a fazer parte da indumentária construída pelo próprio brasileiro, que vota e elege estas coisas.

    E o pior: dão tanto poder aos caras que tem hora que penso ser esta a brincadeira. Eleger, esperar que façam da gente de gato e sapato, pra nos finais de semana, em vez de cuidar da própria vida, ter assunto e quem, e de quem, falar mal.

    Affff, eu fico com raiva disto!

    ResponderExcluir
  3. QUERO VER SE ISSO ACONTECE EM OUTROS PAIZES ONDE O POVO NÃO SE DEIXA ENGANAR COM NOVELAS,FUTEBOL,BIG BROTHERS,PROMESSAS POLITICAS QUE NAO SERÃO CUMPRIDAS E OUTRAS ILUSÕES....TEM HORA QUE TENHO NOJO DESSA GENTE ,SAQUEADORES DO DINHEIRO PUBLICO QUE NA VERDADE É NOSSO ,DO POVO BRASILEIRO ,CHEGAAAAAAAAA DE CANALHICES E ROUBALHEIRAS, CHEGAAAAAA DE ROUBAREM O QUE É NOSSO,JÁ NÃO BASTA OS BANCOS COM SEUS JUROS ,O GOVERNO COM SEUS IMPOSTOS,TEM TAMBEM POLITICOS ROUBANDO NA CARA DURA E NINGUEM FAZ NADA????????ACORDA BRASILLLLLLLLL

    ResponderExcluir

Seu cometário foi muito importante e será guardado. Obrigado.

Diga Não

Diga Não

Arquivo do blog

Ocorreu um erro neste gadget

Vivemos nesse país.

Vivemos nesse  país.
Esperamos melhoras

Postagens populares

Minha lista de blogs

Total de visualizações de página

Hino dos politicos deste nosso país dos canalhas

Convenção dos honestos contra nossos politicos ladrões.