Seguidores

Impostos sendo arrecadados no Brasil

o céu ganhou mais um anjo

domingo, 7 de agosto de 2011

Governo Dilma tem aprovação de 48%, diz pesquisa Datafolha Percentual corresponde aos que consideram governo ótimo ou bom. Levantamento mostra desempenho estável da presidente é estável.

Passados sete meses do início do governo, a aprovação da presidente Dilma Rousseff permanece estável, segundo pesquisa Datafolha divulgada pelo jornal "Folha de S.Paulo" na edição deste domingo (7), que começou a circular na tarde de sábado.
De acordo com o levantamento, o desempenho da presidente é considerado ótimo ou bom por 48% dos brasileiros com 16 anos ou mais. Em junho, o índice era de 49% e, em março, de 47%.
O governo Dilma é considerado regular por 39% e ruim ou péssima por 11% - 3% disseram que não sabiam opinar.
O Datafolha ouviu 5.254 pessoas entre os dias 2 e 5 de agosto em todo o país. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.
Por segmento
Ainda conforme o levantamento, o governo Dilma é avaliado como bom ou ótimo por 43% dos jovens entre 16 e 24 anos, percentual mais baixo se comparado às demais faixas etárias.
O índice de aprovação é maior entre os entrevistados com ensino fundamental completo (52% acham o governo ótimo ou bom) do que os que entre os que possuem ensino médio (45%) e ensino superior (44%).
De acordo com a pesquisa, os entrevistados com renda mensal até cinco salários mínimos avaliam melhor Dilma do que aqueles que recebem mais de dez salários.
A nota dada ao governo Dilma também se manteve estável, segundo o Datafolha. Era 6,9 em março contra 6,8 em julho e 6,7 em agosto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu cometário foi muito importante e será guardado. Obrigado.

Diga Não

Diga Não

Arquivo do blog

Ocorreu um erro neste gadget

Vivemos nesse país.

Vivemos nesse  país.
Esperamos melhoras

Postagens populares

Minha lista de blogs

Total de visualizações de página

Hino dos politicos deste nosso país dos canalhas

Convenção dos honestos contra nossos politicos ladrões.